Exaustão emocional, exigindo um nível de força irreal

Você já sentiu um esgotamento emocional?  Em certas fases da vida, o estresse pode nos fazer sentir abafados, além das expectativas pessoais e profissionais que   levamos adiante para fingir que nos damos uma imagem de uma força irreal   .

A   exaustão emocional   , em seguida, ocorre quando   esses eventos são estendidos   e que nós damos rápido. Esse esgotamento ocorre quando sentimos que não podemos mais lidar com a vida diária no nível mental. A força dessa fadiga é tão grande que nos sentimos incapazes.

O que é exaustão emocional?

Fadiga emocional é uma condição resultante da auto-estima excessiva. Neste caso, não estamos falando apenas de uma carga de trabalho excessiva, mas também suportando o ônus do conflito e do comprometimento, ou assumindo responsabilidades emocionais ou cognitivas, tudo por causa do equívoco de que que devemos ser fortes o tempo todo, mesmo com objetivos irreais. níveis de força.

Uma   exaustão emocional   não ocorre de um dia para o outro, leva tempo para amadurecer. É   um processo que progride lentamente   até que a pessoa atinja um ponto em que ela entra em colapso. Essa exaustão total o paralisa, mergulhando-o em uma depressão profunda ou doença crônica. Na vida desta pessoa, tudo quebra repentinamente porque, literalmente, ele não pode continuar apoiando o insuportável (ser alguém de força intransponível)

Embora a fadiga emocional seja percebida como fadiga mental, ela   é freqüentemente acompanhada por grande fadiga física   . Um de seus sinais óbvios é um sentimento de depressão absoluta que nos impede de avançar. Como resultado, permanecemos cativos em uma inércia que dificulta a saída.

Causas de exaustão emocional

Em geral, o esgotamento emocional está diretamente relacionado a um desequilíbrio entre o que damos e o que recebemos. As vítimas desta doença caracterizam-se por dar mais do que podem e receber menos do que o esperado, seja no trabalho, em casa, em casal ou em qualquer outro campo de trabalho. vida.

Isso geralmente acontece quando grandes expectativas são colocadas e grandes sacrifícios são feitos. Por exemplo, em casa, quando os membros da família têm problemas e precisam de atenção. Mesmo se tivermos um relacionamento em que haja muita demanda e no final ficarmos exaustos com o que demos e com o pouco ou nada que recebemos em troca.

A pessoa que sofre de exaustão emocional descobre que não tem tempo para si e que não recebe apreciação, carinho ou atenção suficientes do ambiente. Espera-se que ele “sacrifique” seu tempo. Como se ele não tivesse necessidade ou como se fosse mais forte que todos e pudesse lidar com tudo.

Primeiros sintomas de exaustão emocional

Muitos sintomas aparecem antes que a exaustão emocional possa ser declarada. Saber reconhecer esses sintomas pode ajudá-lo a encontrar uma maneira de evitar que eles piorem e reverter a tendência.

  • Falta de motivação: a   falta de motivação e desejo de fazer algo é um sinal claro de exaustão emocional. Muitas pessoas que sofrem de exaustão emocional agem automaticamente, executando suas tarefas como se fossem uma obrigação, sem poder beneficiá-las ou interrompê-las. Como resultado, ele é relutante e desinteressado em suas atividades.
  • Fadiga física:   a pessoa afetada geralmente se sente cansada. Assim que você abre os olhos, sente que o que espera durante o dia é extremamente desgastante.
  • Distanciamento emocional:    começa a sentir apatia e tédio em relação à outra pessoa como o centro das atenções e exaustão emocional.
  • Irritabilidade   : A pessoa emocionalmente exausta, no entanto, se sente desconfortável e muitas vezes experimenta uma perda de autocontrole. Ele parece mal-humorado e é muito sensível a críticas ou desvalorizações.
  • Problemas de memória   : carga de informação excessiva ou estímulos causam problemas de memória. Até as pequenas coisas são facilmente esquecidas.
  • Dificuldade de pensar   : a pessoa em questão se sente confusa. Cada atividade requer mais tempo do que antes. Ela só pode pensar em seu próprio ritmo, que diminuiu e parece mais lento do que o dos outros.
  • Insônia   : por mais contraditório que possa parecer,   uma pessoa que sofre de fadiga emocional tem dificuldade em dormir   . Ela sempre pensa em problemas e é por isso que é difícil para ela adormecer ou tranqüilizar sua mente.

Como resolver isso?

A melhor maneira de superar o esgotamento emocional é descansar mental e emocionalmente. Precisamos   encontrar algum tempo livre para relaxar e esvaziar nossa mente   , o que pode ser considerado como uma “desintoxicação emocional”. Por exemplo, pessoas que exigem muito de si só tiram férias, mas cedo ou tarde isso leva à fadiga. Portanto, é uma boa ideia tirar alguns dias de folga.

Outra solução é desenvolver uma atitude diferente em relação aos compromissos diários. Cada dia deve incluir momentos para cumprir nossos compromissos, mas também momentos para descansar e realizar atividades que amamos (mesmo que apenas nós). A necessidade de ser perfeito ou conseguir tudo deve ser abandonada, tentando ser mais forte do que não somos um bom investimento no tempo.

No final, é importante nos educarmos. Não há nada melhor do que   passar um pouco de tempo todos os dias conosco   . Precisamos respirar, nos reconectar com quem somos e o que queremos. É essencial ter uma atitude compassiva e carinhosa em relação à nossa própria pessoa. Caso contrário, mais cedo ou mais tarde, não poderemos continuar.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *